Voleibol

23-05-2017 18:58

Hugo Silva: “Fizemos tudo para encarar o apuramento no melhor momento"

Hugo Silva acredita que trabalho da seleção de voleibol vai render resultados.
Hugo Silva, selecionador luso de voleibol
Foto: José Coelho/Lusa

Hugo Silva, selecionador luso de voleibol

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador português de voleibol, Hugo Silva, traçou hoje um balanço positivo da preparação para a qualificação ao Mundial2018, que abre quarta-feira com a Bélgica, e acredita que “o trabalho será recompensado com boas exibições e resultados positivos”.

Portugal concluiu em Maribor, na Eslovénia, com quatros jogos de preparação, frente à Áustria e à Suíça, a segunda parte do estágio, que principiou em solo português, em Vila Flor, e que incluiu, ainda sem a totalidade dos jogadores, três encontros particulares com a Estónia.

“Disputámos quatro jogos de preparação seguidos, num total de 18 ‘sets’. Se juntarmos os três jogos com a Estónia, realizámos sete jogos e 30 ‘sets’ em apenas onze dias. Foi brutal o esforço e o empenho deste grupo”, referiu Hugo Silva, em declarações aos canais de comunicação da Federação Portuguesa de Voleibol.

Em contagem decrescente para o início do grupo C de qualificação para o Mundial2018, em Ljubljana, com a anfitriã Eslovénia, Bélgica, Geórgia, Letónia e Israel, Hugo Silva fez o ponto da situação e reafirmou o desejo de lutar pelos dois primeiros lugares.

“Foi uma semana de trabalho que rentabilizámos ao máximo – pelo facto de não termos tido o tempo necessário de preparação –, ao ponto de não termos dado uma única folga aos jogadores”, referiu.

Hugo Silva admite a existência de algum cansaço nos seus jogadores, até porque em ambos os treinos diários foi necessário incluir o salto, mas considera excelente o volume de preparação e só lamenta não ter tido o grupo completo mais cedo.

“Fizemos tudo para encarar o apuramento no melhor momento. Desta forma, temos de acreditar que tanto trabalho será certamente recompensado com boas exibições e resultados positivos para nós. O que prometemos é lutar pelos dois primeiros lugares até à exaustão, enfrentando sem medo todas as dificuldades”, acrescentou.

A comitiva portuguesa deixou hoje Maribor rumo a Ljubljana, capital da Eslovénia, onde vai disputar, a partir de quarta-feira e até domingo, o apuramento para o Mundial2018.

Portugal enfrenta logo na primeira jornada um dos adversários mais difíceis, a Bélgica, 18.ª do ‘ranking’ mundial e 8.ª do europeu, numa partida marcada para as 15:00 locais (14:00 em Lisboa).

Conteúdo publicado por Sportinforma