Arouca 0-0 Heracles

04-08-2016 19:54

Aventura europeia do Arouca continua

Equipa de Lito Vidigal empatou a zero com o Heracles Almelo e garantiu a passagem ao play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa.
Arouca - Heracles

Arouca - Heracles

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Arouca está no play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa. A equipa portuguesa empatou com os holandeses do Heracles Almelo e garantiu a passagem pela lei dos golos fora depois de ter empatado 1-1 com a formação adversária na Holanda.

Na estreia da equipa portuguesa em competições europeias em casa, os ‘arouquenses’ foram orientados por Professor Neca devido ao castigo de Lito Vidigal. Mesmo sem estar no banco de suplentes, o técnico do Arouca fez muitas alterações à equipa que entrou em campo na primeira mão.

Com Nuno Valente em destaque nas substituições, o Arouca entrou muito bem no jogo e ainda não tinham passado cinco minutos e já Zequinha ameaçava a baliza defendida por Castro. O jogador português recuperou a segunda bola e quase de primeira atirou por cima da baliza da equipa holandesa.

Contrariando a ideia de que iam jogar para defender o resultado trazido da primeira mão, o Arouca tomou conta do jogo. Com uma boa organização defensiva e boa cobertura por parte dos médios, a equipa portuguesa foi capaz de limitar muito a ação ofensiva do Heracles Almelo.

Com o cabo-verdiano Gegé em grande forma na lateral, o Arouca colocou maior foco no flanco direito onde estava o defesa. Em conjunto com Nuno Valente, o lado direito do Arouca criou grandes dificuldades à defensiva holandesa. Apesar do maior foco no lado direito foi da esquerda que surgiu a grande hipótese do Arouca.

Depois de uma recuperação de bola por parte do meio-campo do Arouca, Zequinha avançou pela esquerda e colocou a bola na entrada da grande área para Valter González. Com espaço dentro da área, o jogador rematou em força por cima numa situação em que se pedia um toque em jeito.

Até ao intervalo, o Heracles ainda tentou acabar com o domínio da equipa portuguesa, mas não conseguiu alterar o rumo dos acontecimentos. Na única ocasião em que se aproximaram da baliza arouquense não conseguiram assustar Bracalli.

No regresso para a segunda parte, John Stegeman tirou Zomer e colocou Hoogma para tentar retirar o domínio do jogo à equipa de Lito Vidigal.

As alterações promovidas pelo técnico da formação forasteira deram resultado e aos 50 minutos, o Heracles Almelo conseguiu, pela primeira vez, assustar Bracalli.

Depois de uma boa jogada pelo lado direito do ataque, o central do Arouca não conseguiu aliviar e a bola sobrou para o avançado do Heracles que rematou de primeira para uma grande intervenção de Rafael Bracalli.

A precisar de marcar para não ser eliminada a formação holandesa aumentou o rimo e colocou mais pressão na defesa do Arouca. A equipa de Lito Vidigal, que esteve nas bancadas devido ao facto de estar suspenso, baixou as linhas e apostou na velocidade de Zequinha, Mateus e Nuno Valente para tentar surpreender o Heracles no contra-ataque.

Já com Van Mieghem em campo, os holandeses apertaram ainda mais o cerco e fizeram relembrar o jogo da primeira mão na Holanda. Aproveitaram melhor os espaços e colocaram o Arouca em posições mais defensivas, mas sem criar grande perigo.

Aos 72 minutos, Jubal manteve a baliza de Bracalli inviolada. O defesa brasileiro fez um corte em antecipação do avançado do Heracles Almelo que já se preparava para encostar depois de uma grande jogada de Van Mieghem pela esquerda.

O Arouca foi aguentado a pressão do Heracles Almelo e ainda tentou sair no contra-ataque, mas sem grandes resultados. No rescaldo de uma saída do Arouca, o Heracles esteve perto do golo. A perda de bola da equipa portuguesa resultou numa situação de cinco contra três. Felizmente para a equipa ‘lusa’, a definição do lance não correu bem.

A cinco minutos do fim o Arouca acabou por aproveitar o enfâse ofensivo do Heracles para ter a melhor oportunidade da segunda parte. Contra-ataque rapidíssimo pela direita e no três para dois, Marlon Jesús não conseguiu chutar na bola.

O empate 0-0 é suficiente para garantir a passagem do Arouca à próxima fase. Depois de terem empatado 1-1 na primeira mão, o golo marcado no período de descontos foi suficiente para a passagem. A estreia da equipa portuguesa nas competições europeias continua e está a apenas uma eliminatória de chegar à fase de grupos da competição.

Conteúdo publicado por Sportinforma