Segunda Liga

29-06-2017 16:11

Famalicão quer fazer melhor do que no ano passado

Equipa quer levar caminha 'jogo a jogo'.
Estádio do Famalicão
Foto: F.C. Famalicão

Estádio do Famalicão

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os jogadores do Famalicão, da II Liga portuguesa em futebol, apontaram hoje como meta para a temporada 2017/18 "fazer melhor do que na época passada" e conquistar terreno na classificação "jogo a jogo".

"A II Liga é muito competitiva. É um campeonato muito duro. Temos de tentar fazer o melhor e melhor em relação à época passada. Pensar jogo a jogo", disse aos jornalistas, antes de iniciar o seu primeiro treino com a camisola dos famalicenses, o reforço Jaime Poulson (ex-Interclube, Angola).

O avançado, que já jogou no Varzim, Paços de Ferreira e Desportivo das Aves, regressa a Portugal depois de dois anos fora, tendo confessado que o que o estimulou foi o facto de saber que "o Famalicão tem uma grande massa associativa e uma estrutura organizada".

Jaime Poulson, de 27 anos, é um dos oito reforços oficializados pelo Famalicão, sendo que transitam vários atletas da época passada, entre os quais o experiente Vítor Lima, de 35 anos.

Questionado sobre objetivos, o médio admitiu que não quer repetir a angústia da época anterior - o Famalicão conseguiu a manutenção na última jornada - e falou na tarefa face aos novos colegas.

"Temos obrigação de incutir nos mais novos os valores do Famalicão, explicar a mística para que se adaptem o mais rápido possível. No ano passado a época foi muito desgastante. Queremos que seja diferente este ano. Esperamos um ano mais tranquilo", disse Vítor Lima.

O Famalicão, que terminou a última temporada na 15.ª posição, apresentou-se hoje com um treino aberto no qual estiveram 22 jogadores às ordens do treinador Dito, que apontou como meta trabalhar com um plantel de 24/25 atletas.

Na segunda-feira, a equipa famalicense inicia um estágio em Melgaço que se prolonga até 08 de julho.

Conteúdo publicado por Sportinforma