Futebol Internacional

06-04-2017 17:50

Nani, Gelson e R.Sanches. Esta seleção de 106 ME podia ser a de Cabo Verde

País africano já deu vários jogadores de qualidade ao Mundo do futebol, mas que escolheram representar outros países.
Portugal vs Sweden
Foto: Lusa

Renato Sanches e Eliseu são dois dos nomes

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

E se Cabo Verde entrasse em campo com uma seleção avaliada em mais de 100 milhões de euros? Pode parecer mentira, mas podia muito bem ser uma realidade no futebol mundial atual. Nos últimos anos, foram vários os jogadores com ascensão cabo-verdiana que começaram a dar cartas no futebol.

Muito ligados ao futebol português, a grande maioria acabou por escolher representar Portugal em detrimento do país africano. Da Primeira Liga, saíram jogadores que possuem dupla-nacionalidade ou que têm ligações familiares a Cabo Verde.

Começando pelos internacionais portugueses, os ‘tubarões azuis’ perderam a oportunidade de contar com Gelson Martins ( Sporting), Nani (Valência) Renato Sanches (Bayern de Munique), Nélson Semedo (Benfica) e Eliseu ( Benfica) que têm sido escolhas habituais no lote de convocados de Fernando Santos. Deste lote, três foram campeões Europeus no Euro 2016 por Portugal.

Para além destes nomes, a seleção nacional de Cabo Verde poderia ainda contar com jogadores que trariam qualidade e valor à equipa dos ‘tubarões azuis’. Ricardo Pereira (Nice) tem laços a Cabo Verde, mas optou por escolher Portugal. Rúben Vezo (Granada), Ivan Cavaleiro (Wolverhampton). Bruno Varela (Vitória de Setúbal) e Rolando (Marselha) fizeram escolhas semelhantes.

Caso semelhante é o de Gelson Fernandes. O médio tem nacionalidade cabo-verdiana, mas representa a Suíça enquanto internacional. É mais um dos nomes que aumentavam o valor desta seleção hipotética de Cabo Verde.

De acordo com o site Transfermarkt, um onze com os jogadores que ‘escaparam’ a Cabo Verde estaria avaliado em mais de 100 milhões de euros. Para estas contas ajuda o valor dos passes de Renato Sanches (avaliado em 30 milhões de euros) e Gelson Martins (15 milhões de euros).

Este valor ultrapassaria todas as seleções nacionais do continente africano e seria um número muito superior à valorização atual. Os ‘tubarões azuis’ estão, atualmente, avaliados em cerca de 18 milhões de euros, um valor abaixo das seleções africanas mais bem cotadas como Egipto (52 milhões de euros), Gana (54 milhões) e Gabão (95 milhões).

Confira o hipotético onze de Cabo Verde que valeria 106 milhões de euros

Conteúdo publicado por Sportinforma