Rio 2016

04-08-2016 22:48

Portugal empata com a Argentina ao intervalo (0-0)

Equipa portuguesa entrou muito bem na partida, mas a Argentina acabou o primeiro tempo em cima de Portugal.
Portugal - Argentina

Portugal - Argentina

Por André Delgado sapodesporto@sapo.pt

Portugal empata ao intervalo com a Argentina, na estreia da equipa de Rui Jorge no Rio 2016.

Na estreia no certame no Brasil, Rui Jorge apostou num onze com Bruno Fernandes como médio mais solto, com Gonçalo Paciência e Salvador Agra como os jogadores mais adiantados e com Podstawski a ocupar o lugar mais recuado no meio campo.

Portugal entrou de forma positiva na partida não se intimidando com o nome e com os jogadores do adversário. Foi a equipa lusa a criar o primeiro 'frisson', com Bruno Fernandes, logo aos dois minutos a colocar a bola dentro da baliza, mas o lance foi interrompido por fora de jogo.

A equipa de Rui Jorge mostrou bons movimentos na primeira parte e a explorar bem os espaços. Gonçalo Paciência, aos 23 minutos, surgiu em boa posição, depois de uma solicitação de Esgaio, mas rematou de primeira por cima.

Pouco depois, André Martins rematou por cima do travessão, depois de mais um bom lance da equipa portuguesa. O melhor lance da equipa portuguesa surgiu através de um cruzmento-remate de Bruno Fernandes, depois de um bom lance de Esgaio pela esquerda. A bola ainda sofreu um desvio num jogador argentino.

A meio da primeira parte, a equipa argentina cresceu no jogo. Na primeira grande oportunidade da partida, Correa apareceu em excelente posição para marcar no coração da área, mas valeu o corte 'in extremis' de Edgar lê que evitou o pior.

A Argentina criou pouco depois mais dois lances de enorme perigo. Primeiro por Gomez num desvio de bola, que saiu muito perto do poste de Bruno Varela. Pouco depois, Cuesta nas alturas a cabecear com muito perigo.

Portugal empata ao intervalo com a Argentina. A seleção alviceleste já podia ter marcado pelo menos em duas ocasiões claras. Depois de um início prometedor da equipa de Rui Jorge, a Argentina foi mais incisiva e a equipa das quinas não teve pernas para a seleção das pampas nos últimos minutos da primeira parte. O intervalo chega assim em altura certa.

Onze da Argentina: Rulli; Magallan, Gianetti, Cuesta, Soto, Gomez, Ascacibar, Martinez, Espinoza, Correa e Calleri.

Onze de Portugal: Bruno Varela; Ricardo Esgaio, Tobias Figueiredo, Edgar Iê e Fernando Fonseca; Tomás Podstawski, André Martins, Sérgio Oliveira e Bruno Fernandes; Gonçalo Paciência e Salvador Agra.

Conteúdo publicado por Sportinforma