Voleibol

16-06-2017 16:03

Marco Ferreira falha estreia de Portugal no grupo H2 Liga Mundial

Selecionador português tem apenas um oposto disponível.
Selecionador português tem apenas um oposto disponível.

Selecionador português tem apenas um oposto disponível.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Marco Ferreira, a recuperar de uma gastroenterite, está fora de hipóteses do leque de opções do selecionador Hugo Silva para o jogo inaugural do grupo H2 da Liga Mundial de voleibol, a decorrer hoje no Cairo, no Egito.

A ausência de Marco Ferreira, que, juntamente com o irmão Alexandre Ferreira, é um dos jogadores com mais pontos da seleção portuguesa e igualmente em destaque no ‘ranking’ do grupo 2, reduz o número de opostos disponíveis a apenas um, Valdir Sequeira.

Também em destaque nos ‘rankings’ das várias ações de jogo do grupo 2 da Liga Mundial encontram-se o libero Ivo Casas, na receção e defesa, e Filip Cveticanin, no bloco.

Portugal disputou até agora seis jogos no grupo 2 da Liga Mundial, em torneios realizados em Poprad e Ceske Budejovice, e o saldo é de cinco derrotas – frente à Austrália (2-3), Eslováquia (0-3), Holanda (1-3), Egito (2-3) e República Checa (0-3) – e uma vitória perante o Japão (3-2).

No Cairo, no terceiro e último torneio da fase intercontinental (grupo H2), Portugal defronta hoje a Finlândia, no sábado o anfitrião Egito e no domingo a vice-campeã e líder do grupo 2 Eslovénia (13:00).

Portugal ocupa presentemente o 11.º e penúltimo lugar do grupo 2 da Liga Mundial, com os mesmos quatro pontos do Egito (12.º), e soma cinco derrotas e uma vitória, alcançada frente ao Japão (3-2), no grupo B2, realizado em Poprad, na Eslováquia.

A final a quatro do grupo 2 é disputada pelos três melhores classificados na fase intercontinental – neste momento destacam-se Eslovénia, Holanda, Eslováquia e Japão - e pelo país organizador, que será a Austrália, e decorre de 23 a 25 de junho.

Conteúdo publicado por Sportinforma