Primeira Liga

08-06-2017 10:56

Conselho de Disciplina abre inquérito à denúncia do FC Porto

Órgão da Federação Portuguesa de Futebol decidiu iniciar um processo, depois das declarações de Francisco Marques, diretor de comunicação do FC Porto, que acusou o Benfica de um esquema de corrupção de árbitros.
FPF
Foto: GASPAR CASTRO / SAPO Desporto

Conselho de Disciplina abriu inquérito às denúncias do FC Porto

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol anunciou que vai abrir um inquérito a alegados casos de corrupção "tendo por base declarações e notícias relacionadas com denúncias de eventuais atos de corrupção".

Em comunicado publicado no site oficial da Federação Portuguesa de Futebol, é dito que o processo será enviado esta quinta-feira à Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Esta não é a primeira reação às declarações de Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, que acusou o Benfica de estar envolvido num esquema de corrupção.

O primeiro a reagir foi o Benfica, que divulgou um comunicado no seu site oficial, onde repudia as declarações do dirigente portista e a ameaçar avançar com um processo em tribunal.

Ainda durante esta quarta-feira, o Ministério Público fez saber que vai investigar este caso, após ter recebido uma denúncia anónima.

Também a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) lançou um desafio ao clube portista, instando os seus dirigentes a apresentarem mais dados sobre este caso.

Este caso foi revelado num programa do Porto Canal, quando Francisco Marques denunciou a troca de e-mails entre Adão Mendes, ex-árbitro, e Pedro Guerra, diretor de conteúdos da BTV.

Conteúdo publicado por Sportinforma