Em tempo de balanços de final do ano, a Esports Earnings apresentou as estatísticas relativas aos valores amealhados pelas equipas em prémios de competições realizadas em 2023. O valor total de prémios foi de 181 milhões de dólares, oferecidos na soma de 3.627 torneios oficiais realizados. A média do valor dos prize pool por torneio foi de 3.840 dólares, sendo listados um total de 24.482 atletas de eSports, com uma média de ganhos individuais de 888 dólares.

A equipa que mais faturou em 2023 foi a Team Spirit, uma organização russa que somou 7,46 milhões de dólares, na sua participação em 32 torneios. A equipa é especialista em Dota 2, mas também em Counter-Strike. A Team Liquid assume o segundo lugar com 4,85 milhões de dólares, tendo participado em 222 torneios, tornando-se a organização com mais presenças competitivas do ano. Para fechar o pódio, em terceiro lugar surge a FaZe Clan, equipa que amealhou 4,189 milhões de dólares nas 76 competições em que participou.

A lista de equipas do Top 10 faturou acima dos 2 milhões de dólares, exceto a décima, a Team Weibo, que se ficou pelos 1,9 milhões de dólares. Na lista das organizações mais lucrativas encontram-se a Gaimin Gladiators (3,9 milhões), a G2 Esports (3,1 milhões), a Vitality (3 milhões), a Talon Esports (2,57 milhões), a Wolves Esports (2,44 milhões) e a Evil Geniuses (2,04 milhões).

As equipas da China foram as mais lucrativas, somando quase 30 milhões de dólares em prémios, seguindo-se os Estados Unidos com 28 milhões e a Rússia com 14 milhões. O Brasil surge em quinto lugar com 10,4 milhões, logo atrás da Coreia do Sul com 11,6 milhões de dólares. Portugal aparece bem mais abaixo, em 37º lugar, num total de 929 mil dólares.

A SAW foi a equipa portuguesa mais lucrativa, somando 161,5 mil dólares nos 25 torneios em que participou, sendo listada no 184º posto. A For The Win aparece em 380º com 25 mil euros arrecadados em 11 torneios.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.