Portugal e Espanha estão empatados a zero ao intervalo, mas a equipa das quinas já teve um golo anulado.

No Wanda Metropolitano, Portugal apresentou-se com Rui Patrício na baliza, uma defesa composta por Nélson Semedo, José Fonte, Pepe e Raphaël Guerreiro, enquanto o meio-campo ficou entregue a Danilo, Sérgio Oliveira e Renato Sanches. Cristiano Ronaldo, Diogo Jota e João Félix formaram o tridente ofensivo.

A Espanha assumiu rapidamente o controlo do jogo, tentando criar perigo pela esquerda. Aos nove minutos, Marcos Llorente surgiu na área contrária, mas falhou o desvio após cruzamento de Pablo Sarabia - valeu o corte providencial de Pepe.

Aos 23' José Fonte cabeceou para dentro da baliza, após canto batido por Raphael Guerreiro, mas o lance foi anulado de imediato por falta do central. Respondeu a Espanha numa saída rápida, aproveitando uma perda de bola de Fonte, com Ferran Torres a aparecer nas costas de Pepe e a cabecear um pouco ao lado.

Portugal voltou a estar perto do golo aos 43 minutos, num lance caricato: na tentativa de afastar uma bola longa, Unai Simón aliviou de primeira com o pé direito, a bola acertou em Ronaldo e foi outra vez na direção do guardião espanhol, que conseguiu agarrar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.