O Varzim garantiu esta quarta-feira o apuramento para a II Liga e já olha para o escalão maior do futebol português como objetivo para a próxima temporada, garantiu hoje o presidente dos poveiros, Pedro Faria.

Com a emoção à flor da pele e depois do apito final do árbitro Renato Gonçalves, da Guarda, o dirigente afirmou, ainda com as lágrimas nos olhos e a respirar de alívio, que a equipa irá lutar, em 20105/16, pela ascensão à I Liga.

"Foi uma época com muitos sacrifícios e com todos os problemas que o Varzim tem, acabar desta maneira é espetacular. Espero que seja uma passagem pela II Liga, o nosso objetivo é a I Liga", disse.

Uma ideia repartida com o treinador Quim Berto, que aproveitou a oportunidade para dedicar a subida a Vítor Paneira, que orientou os poveiros no início da época.

"O Varzim é um clube de I Liga, sem dúvida. Esta moldura humana fantástica merece-o. Vítor Paneira projetou a equipa para a subida de divisão. Conseguimos, isto também é mérito de Vítor Paneira", sustentou.

A expulsão do guarda-redes Pedro Soares, aos 16 minutos, e o consequente golo, de grande penalidade de João Coito, poderia ter castrado a aspiração dos ‘lobos do mar'. Contudo a experiência dos ‘alvinegros' veio à tona e, aos 80, Nelsinho selou a igualdade e carimbou o passaporte do Varzim para a II Liga.

"Foi uma sensação muito estranha. Acreditamos sempre que era possível. Já nos tinha acontecido na Malveira, para a Taça de Portugal, ficarmos reduzidos a dez jogadores e acabámos por vencer, por 5-1. Esta é uma equipa com muita experiência e muita qualidade. Se possível queremos subir à I Liga já na próxima época", rematou Pedro Faria.

Mais cauteloso, Sérgio Organista quer em primeiro lugar disfrutar da ascensão.

“Estava confiante que viríamos aqui empatar o jogo. Com a entrega de todos tudo é possível. Para a próxima época logo se vê. Um clube desta grandeza só pode estar na I Liga. Agora há que pensar e festejar primeiro e preparar bem a próxima temporada. Se for possível atacaremos a I Liga", afirmou.

Para Bruno Baltazar, treinador do Casa Pia, o Varzim acabou por ser um justo vencedor do ‘play-off’, embora lamente o desfecho do jogo de hoje num jogo onde os ‘gansos' tinham na mira a baliza varzinista.

"Fizemos tudo para ganhar. Tivemos uma entrada forte, fizemos o 1-0. Tentámos fazer o 2-0 antes do intervalo. O Varzim fez uma grande gestão do jogo. Tentámos de todas as formas chegar ao golo. Quando estávamos balanceados no ataque, Nelsinho fez um golo de génio. Está tudo apalavrado para continuar a treinar o Casa Pia na próxima temporada", revelou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.