A Bundesliga vai mesmo ser o primeiro grande campeonato a ser retomado após a paralisação derivada da pandemia COVID-19. Segundo o jornal 'Bild', a nota oficial já foi enviada pela DFL (Liga Alemã de Clubes) aos 36 emblemas que integram os dois principais escalões do futebol germânico.

O regresso das duas competições ocorrerá então a 15 de maio, sexta-feira, e os jogos decorrerão à porta fechada. Segundo aquela publicação, a 'honra' no escalão principal deverá caber a Fortuna Dusseldorf e Paderbon, que deverão ser as duas primeiras equipas a entrar em campo. O calendário dos jogos deverá ser tornado público esta quinta-feira.

O 'Bild' acrescenta ainda que apenas um clube, o Werder Bremen, se terá oposto a esta data e recomendado que a competição fosse retomada apenas a 22 de maio. Isto porque os responsáveis daquele clube acreditam que essa semana de diferença seria crucial para que os jogadores ficassem mais perto da forma física ideal.

Em 16 de março, dias depois de a 26.ª jornada ser adiada, o principal campeonato alemão de futebol foi suspenso, então até 02 de abril, e depois por tempo indeterminado, para agora ter 'luz verde' para regressar.

Após a ronda 25, concluída em 11 de março, o Bayern Munique, que procura o 30.º título e oitavo consecutivo, é o líder da prova, com 55 pontos, contra 51 do Borussia Dortmund, 50 do Leipzig, 49 do Borussia Mönchengladbach e 47 do Bayer Leverkusen, quando faltam disputar nove jornadas.

Com a declaração de pandemia, em 11 de março, inicialmente alguns eventos desportivos foram disputados sem público, mas, depois, começaram a ser cancelados, adiados - nomeadamente os Jogos Olímpicos Tóquio2020, o Euro2020 e a Copa América - ou suspensos, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais de todas as modalidades.

Os campeonatos de futebol de França e Países Baixos foram, entretanto, cancelados, enquanto o da Alemanha teve hoje permissão para voltar e Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal preparam igualmente o regresso.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 257 mil mortos e infetou quase 3,7 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um 1,1 milhões de doentes foram considerados curados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.