“Os salários dos jogadores estão prestes a baixar drasticamente em toda a Europa”, diz o dirigente alemão, que aponta o dedo à má gestão de grande parte dos clubes europeus, na maioria com contas deficitárias.

Segundo Rummenigge, nenhuma outra área tem mais de metade das empresas “no vermelho”, situação inversa, segundo o dirigente bávaro, à do Bayern de Munique, que terá em 2010 receitas na ordem dos 350 milhões de euros.

“Somos o melhor clube do Mundo ao nível dos patrocínios. Facturamos mais que Real Madrid ou Manchester United”, garante Rummenigge.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.