Os adeptos do FC Derby podem esperar, para o jogo de sábado, uma equipa que vai entrar com “muita responsabilidade” e que “tudo vai fazer” para alcançar um “bom resultado” rumo à conquista do título.

A afirmação é do treinador derbiano, Almara, no lançamento do jogo com o Mindelense, a contar para a primeira mão da final do campeonato de Cabo Verde, que se disputa este sábado, às 16h00 (hora local), no Estádio Adérito Sena.

Do Derby, acrescentou a mesma fonte, pode-se ainda esperar “empenho e dedicação”, pois “motivação é o que não falta” nas hostes azuis e brancas.

“Vamos defrontar um adversário que já conhecemos, que ficou em vantagem sobre nós no campeonato e na taça, agora é uma final e vamos dar o máximo para contrariar o favoritismo do Mindelense, pois estamos a falar do bicampeão nacional”, sustentou Almara.

Com a equipa “quase na máxima força”, com “um ou outro futebolista tocado”, Almara disse esperar que o público derbiano compareça “em massa” no estádio, à semelhança do que ocorreu no último fim-de-semana, com “fair-play” para “dignificar” o futebol da ilha de São Vicente.

“São duas equipas de São Vicente na final, esta é também uma forma de demonstrar que se está a trabalhar e bem aqui e, desta forma, vamos mantendo o título nacional na ilha”, concluiu o treinador que na manhã de hoje dirigiu o último treino da sua equipa antes do jogo de sábado.

O médio Lizender e o defesa central Djem’s, à Inforpress, relataram o estado de espírito do grupo de trabalho em véspera do jogo, a forma como decorreu a semana de treinos e o que esperam da partida de sábado.

Lizender explicou que se sente “empolgado e motivado” por disputar, pela primeira vez, uma final, logo em “casa” e perante uma “grande equipa” como o Mindelense.

“A semana de treinos decorreu de forma tranquila, estamos motivados e com ‘feeling’, acreditamos muito que poderemos fazer um grande jogo”, lançou o futebolista, que espera “uma grande adesão” do público.

“A nossa entrega vai ser total, vamos dar o máximo e lutar pelo objetivo que é sermos campeões de Cabo Verde e dedicar a vitória ao nosso público que muito nos ajudou nesta caminhada”, concluiu.

O defesa central Djem’s, por seu lado, considera o momento de “único para qualquer futebolista”, pois é a primeira vez na história que duas equipas de São Vicente disputam a final, algo “fora de comum, saboroso”, como revelou.

“Não vamos facilitar, temos uma equipa jovem, forte e ambiciosa e digo aos adeptos do Derby que venham em massa para apoiar, pois estou confiante num bom resultado tanto na primeira como na segunda mão”, concluiu o autor do penalty que deu a vitória e a qualificação à final ao Derby no jogo das meias-finais com o Boavista da Praia.

O jogo Mindelense – Derby vai ser dirigido por um quarteto de árbitros da ilha de Santo Antão chefiado pelo árbitro central Lenine Rocha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.