O Governo de Cabo Verde anunciou hoje que vai condecorar na sexta-feira o Benfica com a Medalha de Mérito Desportivo, como “reconhecimento” pela sua “história” e "dimensão amplamente plural dentro e fora das fronteiras da CPLP".

A decisão foi tomada hoje, em reunião do conselho de ministros, e a cerimónia de condecoração acontece na sexta-feira, presidida pelo primeiro-ministro, José Ulisses Correia e Silva, no dia em que o presidente da direção do Benfica, Luís Filipe Vieira, inicia uma visita de dois dias à cidade Praia.

Em comunicado, o Governo cabo-verdiano refere que a decisão de atribuir o Segundo Grau da Medalha de Mérito Desportivo do país enaltece também, sobre o clube português, a “pertença espiritual que permite esquecer divisões, ultrapassar agruras ou sublimar infortúnios e ser o espelho de uma língua diversa e, por isso mesmo, manifestações de povos, de culturas e da comum vivência comunitária da Lusofonia”.

Para o Governo, a atribuição desta medalha “honra Cabo Verde e orgulha muito os benfiquistas cabo-verdianos”.

A cerimónia está agendada para as 16:30 (menos duas horas em Lisboa) de sexta-feira, com o primeiro-ministro a receber, em visita de cortesia, 30 minutos antes, a delegação do Benfica, liderada por Luís Filipe Vieira, bem como os vice-presidentes Domingos Almeida Lima e Alcino António, e o antigo capitão da equipa principal de futebol Luisão, entre outros elementos.

A inauguração da Casa do Benfica na cidade da Praia está prevista para sábado, pelas 18:00 (menos duas horas em Lisboa), na presença de Luís Filipe Vieira e do primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.