Os clubes filiados na Associação Regional de Futebol em Santo Antão-Sul elegeram Fernando Lima para um novo mandato, agora de quatro anos, como presidente dessa associação, durante uma assembleia-geral, realizada na passada sexta-feira à noite.

Fernando Lima, que está à frente da Associação Regional de Futebol de Santo Antão-Sul desde 2012, recebeu o voto favorável dos seis clubes presentes nessa assembleia-geral, em que foram revistos os estatutos desse organismo de futebol.

Com a revisão dos estatutos da Associação Regional de Futebol de Santo Antão-Sul, o mandato dos órgãos sociais, que era de três anos, passou para quatro anos.

O líder associativo disse à Inforpress que o alargamento do período de mandato ocorreu por diretrizes da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), que recomendou a harmonização dos estatutos das associações regionais com os da federação.

A construção de um centro de estágio e de, pelo menos, mais um campo relvado, para “descongestionar” o Estádio Municipal do Porto Novo, constituem alguns dos desafios, para os próximos quatros anos, propostos aos clubes pelo reeleito presidente da Associação Regional de Futebol em Santo Antão-Sul.

Além da infra-estruturação do futebol portonovense, com a construção do centro de estágio e de, pelo menos, mais um campo relvado, o líder associativo propõe, para este segundo mandato, a realização de duas competições nacionais no Porto Novo: uma taça inter-ilhas (taça Independência) e de um campeonato nacional de futebol feminino.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.