O encontro entre o México e a Nova Zelândia ficou marcada não pelo resultado –vitória por 2-1 -, mas sim pelos confrontos entre jogadores na parte final do encontro. Quando a equipa da Oceânia atacava, Herrera ganhou posição do lance e sofreu uma dura entrada de um adversário. Perante a situação, o médio do FC Porto não se ficou e respondeu na letra ao jogador da Nova Zelândia.

Gerou-se a confusão com vários jogadores envolvidos e cabeçadas entre jogadores de ambas as equipas. O árbitro nada marcou para além da falta, mas as imagens do vídeo-árbitro alteraram a decisão do juiz que acabou por distribuir três cartões amarelos e nenhum vermelho.

Em relação ao jogo, Jiménez e Peralta fizeram os golos de um encontro em que ainda estiveram a perder devido ao tento de Wood. Apesar da desvantagem, o México consumou a reviravolta na segunda parte do encontro.

Até ao fim, a Nova Zelândia ia tentando marcar, mas acabou por não conseguir havendo, somente, agressões entre jogadores. Recorde-se de que o México venceu por 2-1 e continua na luta por um lugar na próxima fase da Taça das Confederações.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.