Fernando Gomes mostrou-se hoje confiante numa boa campanha de Portugal no Euro2012 e relativizou uma eventual pressão acrescida sobre a equipa das quinas com a multiplicação de iniciativas de apoio à Seleção. 

«Todo e qualquer apoio significativo dos portugueses à nossa seleção é sempre bem-vindo. Poderá eventualmente ser entendido como uma maior responsabilidade, mas a nossa equipa está habituada a assumir as suas responsabilidades nos momentos em que for chamada a jogo. Não será por esse facto que deixará de corresponder a todos os anseios», afirmou o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), à margem da apresentação da iniciativa "Corre Portugal".

A corrida marcada para 2 de junho, em Oeiras, Porto e Faro, visa promover o apoio a Portugal no Europeu, num evento onde são esperadas mais de 10 mil pessoas. «Este conjunto de iniciativas que estão a acontecer de apoio à Seleção são sempre bem-vindas, no sentido de os jogadores, a equipa e a Seleção sentirem que são a expressão de um povo e da conquista que todos nós esperamos que venha a acontecer na Ucrânia e na Polónia», salientou o líder federativo.

Por fim, Fernando Gomes reiterou a sua convicção de que não haverá surpresas de última hora face às dúvidas sobre a capacidade organizativa da Ucrânia. «A última informação que recebemos da UEFA é que está tudo programado para acontecerem os jogos, quer na Polónia, quer na Ucrânia», rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.