O central Pepe e o médio João Moutinho podem juntar-se no sábado ao guarda-redes italiano Gianluigi Buffon no último lugar do pódio dos futebolistas com mais jogos em fases finais do Europeu, caso sejam utilizados com a Alemanha.

Numa lista liderada por Cristiano Ronaldo, que cumpriu face à Hungria, na estreia lusa no Euro2020 (triunfo por 3-0), o seu 22.º jogo, os dois internacionais ‘AA’ lusos, também utilizados face aos magiares, podem alcançar o 17.º encontro.

Pepe, de 38 anos, foi titular no embate realizado em Budapeste, enquanto Moutinho, de 34, começou o encontro no banco, entrando apenas aos 89 minutos, para o lugar de Bruno Fernandes, já com Portugal a vencer por 2-0.

Os dois jogadores – que, ao contrário de Cristiano Ronaldo, não estiveram no Euro2004, realizado em Portugal - estrearam-se numa fase final do Europeu em 2008 e, desde então, só falharam, cada qual, um encontro de Portugal.

O central do FC Porto não defrontou o País de Gales (2-0) nas meias-finais do Euro2016, devido a castigo, enquanto o médio do Wolverhampton, foi suplente no embate dos ‘oitavos’ da mesma competição, face à Croácia (1-0, após prolongamento).

Pepe e Moutinho somam, assim, 16 jogos, partilhando, para já, o quarto lugar com o francês Lilian Thuram (1996 a 2008), o holandês Edwin van der sar (1996 a 2008) e os espanhóis Andrés Iniesta e Cesc Fàbregas (2008 a 2016).

Caso defrontem os germânicos, os dois jogadores lusos juntam-se no terceiro posto da lista a Gianluigi Buffon (2004 a 2016), colega de equipa de Ronaldo na Juventus, que não faz parte da ‘squadra azzurra’ desde 2018.

O alvo seguinte, que pode ser alcançado na quarta-feira, face à França, no regresso a Budapeste, é o retirado alemão Bastian Schweinsteiger, que disputou 18 jogos entre os Europeus de 2004 e 2016.

Depois, já não será possível subir mais, pois a liderança é do ‘omnipresente’ Cristiano Ronaldo, que começou em 2004 e, desde aí, só faltou a um mísero jogo da formação das ‘quinas’, face à Suíça (0-2), no terceiro jogo da fase de grupos do Euro2008, com Portugal já apurado para os ‘quartos’.

Ronaldo, único jogador da história que disputou jogos em cinco finais e líder isolado da lista dos marcadores, com 11 tentos, disputou seis jogos em 2004, três em 2008, cinco em 2012, sete em 2016 e, para já, um em 2020.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto