As ausências de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo esta segunda-feira da cerimónia de entrega dos prémios 'The Best', em Londres, causou mal-estar na cúpula diretiva da FIFA.

De acordo com o jornal espanhol 'AS', que cita fonte da FIFA, o organismo que gere o futebol mundial vê estas ausências como sendo desprestigiantes para a modalidade e, portanto, reprovável.

Recorde-se que o internacional português está entre os nomeados ao galardão, numa corrida que disputa com Mohamed Salah e Luka Modric. Messi e Ronaldo têm disputado nos últimos anos a conquista das melhores distinções a nível futebolístico do mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.