O Boca Juniors detetou um "surto de contágio" de covid-19 dentro do seu plantel de futebol e suspendeu os treinos durante 72 horas para evitar a propagação da doença, revelou esta segunda-feira o clube argentino. Já esta tarde, a TyC Sports avança o nome de 13 dos 19 elementos que estão em isolamento.

Segundo a referida estação televisiva argentina, Esteban Andrada, Javier García, Franco Soldano, Carlos Izquieroz e Leonardo Jara foram os primeiros a apresentar sintomas e, entretanto, testaram positivo à covid-19. Sebastián PérezLisandro López, Eduardo SalvioPol Fernández, Manuel Roffo e Agustín Roffo são os jogadores que permanecem assintomáticos.

Além disso, o treinador de guarda-redes Fernando Gayoso e o médico Rubén Argemi também testaram positivo. 

O clube da capital argentina tem prevista uma deslocação ao Paraguai, em 17 de setembro, para defrontar o Libertad, em encontro da terceira jornada da Taça Libertadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.