Cristiano Ronaldo, vencedor do prémio 'The Best' para melhor jogador do ano, concedeu uma entrevista à FIFA onde se mostrou orgulhoso pela conquista de mais um troféu.

"Estou feliz por ganhar este prémio. Queria fazer uma história bonita no mundo futebol e consegui. Claro que conquistar troféus e ser um dos jogadores com mais prémios individuais da históra é um enorme orgulho. Motiva-me a continuar a jogar ao mais alto nível", disse o internacional português.

Questionado sobre o número de prémios da FIFA com que gostaria de terminar a carreira, Ronaldo respondeu: "Sete, espero eu. É o meu número da sorte. Mas isso é o futuro, e agora quero aproveitar o mais possível este incrível momento."

O capitão da seleção portuguesa não esquece a preponderância da conquista do Europeu na sua carreira. "A vitória no Euro 2016 foi incrivelmente importante. Faltava-me um troféu com a seleção e, graças a Deus, ganhámos. Este ano também foi bom. A campanha de apuramento para o Mundial foi complicada, mas conseguimos os nossos objetivos", disse.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.