Fernando Torres, avançado de 35 anos, terminou a sua carreira nesta madrugada na derrota da sua equipa, o Sagan Tosu, por 6-1 contra o Vissel Kobe, equipa de Andrés Iniesta.

O adeus aos relvados acabou por deixar um amargo de boca ao avançado, já que para além da derrota, o amigo de sempre ajudou à festa do Vissel Kobe, com uma grande penalidade convertida (20´).

Antes do jogo, o antigo companheiro de seleção escreveu uma emotiva carta de despedida a homenagear o dianteiro.

El Niño despede-se dos relvados aos 35 anos, onde somou 301 golos em 878 jogos ao longo da carreira.

Além das passagens pelo Atlético de Madrid (onde venceu uma Liga Europa), Liverpool, Chelsea (onde venceu uma Liga dos Campeões e uma Liga Europa), Milan e Sagan Tosu, conta ainda no seu currículo com um Mundial (2010), dois Europeus (2008 e 2012), um europeu de sub-16 (2001) e um europeu de sub-19 (2002) pela seleção espanhola.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.