A revelação é de Vitali Kutuzov, antigo companheiro de Cristiano Ronaldo no Sporting, numa altura em que o craque português ainda dava os primeiros passos enquanto profissional.

Depois de uma primeira temporada no AC Milan, o bielorusso acabou cedido ao Sporting em (2002/03) e cruzou-se com um muito jovem Ronaldo, ainda menor de idade. "Éramos dois miúdos numa equipa de campeões que tinham ganho tudo. Ele 17 anos e eu 21. Fez-me perguntas sobre o AC Milan e como treinar com jogadores daquele calibre", recordou em entrevista ao jornalista italiano Gianluca Di Marzio.

Para o antigo avançado, a evolução de Ronaldo não teve limites e tornou-o num jogador completo: "Ele tinha muita fome de finalizar, embora hoje seja um jogador diferente. Naquela altura era mais driblador, hoje é mais completo e consegue dar muito ao jogo", referiu.

Muito próximo de Cristiano, Kutuzov pôde testemunhar a forma como o antigo craque começou a melhorar de vida e recorda o momento em que comprou o primeiro carro: "Partilhámos casa e lembro-me quando conseguiu comprar o primeiro carro, um Mercedes que nem sabia conduzir. Mas lembro-me da satisfação dele de chegar aos treinos com um carro novo, foi incrível", lembra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.