O Atlético de Madrid disse hoje estar a analisar toda a documentação do castigo imposto pela FIFA e o “mais provável” é que recorra da proibição de inscrever futebolistas durante um ano, a partir de 01 de julho.

Fonte do clube madrileno disse à agência EFE que uma decisão final será tomada só depois de os serviços jurídicos dos ‘colchoneros’ analisarem toda a documentação do processo, com mais de 100 páginas.

Segundo a mesma fonte, o clube discorda desta decisão e “o mais provável, é que recorra”.

A FIFA proibiu hoje o Atlético de Madrid e o Real Madrid de inscreverem novos jogadores durante um ano, por violação das regras relativas à contratação de menores de 18 anos.

Os principais clubes da capital espanhola poderão ainda efetuar contratações até ao fim de janeiro de 2016, mas, após o fecho do atual mercado de transferências, apenas poderão inscrever novos jogadores a partir de julho de 2017.

“Os dois clubes foram considerados culpados da violação de várias normas relativas à transferência internacional e inscrição de jogadores estrangeiros menores, bem como de outras disposições relevantes relacionadas com a inscrição e participação de jogadores em algumas competições”, indicou a FIFA, em comunicado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.