A equipa orientada pelo português José Mourinho, que fez a sua estreia no Bernabéu, somou o sexto encontro sem perder, após os confrontos com o Club América (3-2), Los Angeles Galaxy (3-2), Bayern de Munique (0-0), Standard de Liége (1-1), Hércules (3-1) e Penarol (2-0).

Angel Di Maria, reforço que Mourinho veio buscar ao Benfica, entrou, aos 54 minutos, para o lugar do lesionado Fernando Gago e inaugurou o marcador, aos 68, com um golo de belo efeito.

O argentino captou a bola a meio campo e na jogada individual que se seguiu tirou dois adversários do caminho e atirou de pé esquerdo sem hipóteses para o guarda-redes Sebastián Sosa.

O holandês Rafael van der Vaart fixou o resultado já em período de descontos na conversão de uma grande penalidade.

Os internacionais portugueses Ricardo Carvalho e Cristiano Ronaldo foram titulares, mas a noite foi mesmo de glória para Mourinho, que recebeu a maior ovação dos 70mil espectadores presentes no Bernabéu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.