Joaquín Sánchez, capitão do Bétis e colega de William Carvalho, abordou o regresso do futebol com jogos à porta fechada.

Em entrevista à Eurosport, o experiente jogador de 38 anos contou um bocadinho do que tem sido o regresso à rotina, já com treinos embora com as limitações já conhecidas.

"Pouco a pouco estamos a cumprir os prazos e acredito que se estão a fazer as coisas de forma correta. Vamos analisando as coisas dia a dia, mas estamos muito felizes por poder voltar a treinar no relvado, claro mantendo as regras de segurança. Em teoria, já estamos a ver a luz ao fundo do túnel desta situação tão grave que vivem", começou por dizer.

Sobre os condicionalismos e os riscos a que os jogadores podem estar sujeitos com o regresso da competição, Joáquim considera que todos os agentes do jogo vão estar condicionados.

"Sabemos que o risco zero é impossível. Vai ser algo de novo para todos nós. Não sei até que ponto nos vai afetar, mas sem dúvida, que não tem qualquer ponto de comparação como o que estávamos habituados", atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.