Sergio Ramos pretende mesmo deixar o Real Madrid logo que possível e a decisão já nem sequer está relacionada com dinheiro, segundo garante o jornal Marca.

A relação entre o defesa espanhol e o presidente Florentino Pérez já viveu melhores dias e, além disso, os adeptos 'merengues' deixaram de demonstrar o apoio de outrora a Ramos.

Além disso, o jogador ficou desagradado com tudo o que se passou em torno de Iker Casillas nos últimos dois anos - o guarda-redes foi frequentemente assobiado pelos adeptos - e quer evitar uma situação semelhante na sua carreira.

Por todas as razões, a decisão de Sergio Ramos está tomada: vai mesmo deixar o Santiago Bernabéu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.