Xavi confirmou ter recusado um convite para ocupar o cargo de treinador principal do Barcelona após a saída de Ernesto Valverde. Atualmente a orientar o Al Sadd, do Catar, o antigo médio do clube catalão abordou a questão e explicou os motivos que o levaram a dizer não à oferta do seu antigo clube.

"Sim, recebi uma proposta do Barcelona. Foi-me apresentada por Eric Abidal e Oscar Grau. Não a aceitei porque considerava que era precipitada e porque acho que é um prematuro para mim treinar o Barça. Isso não significa que não tenha esse sonho", explicou o espanhol.

Sobre Quique Setién, que acabou por ficar com o cargo, Xave teceu rasgados elogios. "Encanta-me vê-lo como treinador do Barcelona. Gosto da sua forma de trabalhar e espero que tenha todo o sucesso do mundo", desejou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.