Moyes lamentou ainda que o Everton não tenha podido jogar na máxima força na partida da terceira jornada do Grupo I, no Estádio da Luz, devio a uma série de lesões.

"Faltaram-nos alguns jogadores importantes, mas a equipa deu o máximo", referiu Moyes, para quem o Benfica não o surpreendeu pela capacidade que demonstrou, sobretudo pela qualidade ofensiva do seu jogo, sobretudo na segunda parte.

Para o treinador inglês, "Di Maria esteve muito inspirado e encheu o campo, tornando muito difícil a vida dos defesas".

Mesmo assim, mostrou-se satisfeito porque o Everton soma duas vitórias e uma derrota, o que "não é nada mau" e deixa a equipa, agora em igualdade com o Benfica, em boa posição para "seguir em frente

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.