O Paris SG anunciou esta terça-feira (12) o regresso de Neymar, recuperado de uma lesão no tornozelo, para o Troféu dos Campeões, a Supertaça francesa. O craque brasileiro poderá assim defrontar o Marselha, em Lens, esta quarta-feira. É mais um problema para André Villas-Boas, treinador do Marselha.

O brasileiro foi um dos quatro jogadores que receberam sinal verde do departamento médico dos parisienses, juntaemente com de Presnel Kimpembe, Leandro Paredes e  o português Danilo Pereira, segundo o PSG.

Lesionado após uma entrada dura do brasileiro Thiago Mendes, do Lyon, a 13 de dezembro passado, Neymar voltou aos treinos  na segunda-feira (11).

"Vi que ele estava a trabalhar bem. É uma alegria tê-lo no grupo. Tenta recuperar-se 100% para jogar esse tipo de jogos que ele gosta. Queremos tê-lo em campo, mas é uma decisão da equipe técnica", disse o guarda-redes Keylor Navas em conferência de imprensa esta terça-feira.

A enfermaria parisiense continua a esvaziar-se, no momento em que o PSG tenta ganhar forma para a eliminatória dos oitavaos de final da Liga dos Campeões contra o Barcelona, em fevereiro.

Ainda são baixas por lesão o lateral Juan Bernat (joelho) e o terceiro guarda-redes Alexandre Letellier (cotovelo), além de Colin Dagba, Thilo Kehrer e Rafinha, os três em quarentena após testarem positivo para a COVID-19.

O Paris SG reencontra o Marselha esta quarta-feira, quatro meses depois de perder o seu primeiro "clássico" em nove anos (1-0), para ganhar o seu primeiro troféu da temporada e lançar o mandato do seu novo treinador Mauricio Pochettino. O argentino substituiu Thomas Tuchel no comando dos campeões franceses.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.