Depois de sentir algumas dificuldades no primeiro tempo, a Holanda começou a segunda parte praticamente a vencer, com um auto-golo de Poulsen, aos 46 minutos, mas, ainda assim, o técnico Bert van Marwijk gostou do que viu.

"Queríamos jogar bom futebol, mas perdíamos a bola. No entanto, de tempos em tempos, no jogo, foi possível ver o quão bons podemos ser", disse o seleccionador holandês, acrescentando que a ausência de Robben, a recuperar de lesão, não se sentiu em campo.

Marwijk lembrou que a equipa ganhou por 2-0 e que, assim, dificilmente se pode dizer que a selecção holandesa sentiu a falta de Arjen Robben.

"É um jogador excepcional, que à sua maneira consegue fazer a diferença... mas temos uma série deles. E fico muito satisfeito por os ter comigo", sublinhou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.