“Não estou habituado a marcar golos por isso foi surpreendente e foi também com um bocado de sorte”, admitiu o centro-campista, que assumiu estar a viver um sonho:

“Não tenho bem a noção do que está a acontecer, mas estou muito feliz e agora temos de nos concentrar para defrontar o Chile”, terminou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.