O seleccionador sul-coreano, Huh Jung Moo, atribuiu a vitória argentina à sorte na obtenção do primeiro golo do jogo [auto golo de Park Chu Yueng, aos 13 minutos].

“Fizemos um bom jogo e a Argentina teve sorte com o primeiro golo. Perdemos oportunidades, lutámos bem frente a uma equipa cheia de estrelas. Vai servir-nos para o futuro”, disse o técnico sul-coreano.

Huh Jung Moo confessou que os seus jogadores foram impotentes para deter o fluxo ofensivo dos argentinos, salientando também que não aproveitaram a baixa de rendimento dos argentinos no início do segundo tempo.

“Nesse momento podíamos ter mudado o sentido do jogo, foi o período chave, mas não conseguimos concretizar as oportunidades que tivemos”, disse Huh.

O técnico comentou ainda uma troca de palavras com Maradona durante o jogo, aparentemente quando o argentino o abordou a reprovar o elevado número de faltas dos sul coreanos.

“Não me pareceu apropriado o que fez. Não percebi o que estava a dizer, estavam a acontecer coisas e não me pareceu adequado que ele [Maradona] se tenha dirigido ao outro treinador. Pedi-lhe para acalmar os seus jogadores”, afirmou.

Huh Jung Moo mostrou-se confiante na qualificação da Coreia do Sul para os oitavos de final da prova.

A Coreia do Sul defronta a Nigéria na última jornada da ronda, enquanto argentinos e gregos se encontram no outro encontro do grupo B, dia 22.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.