“É sempre complicado não começar bem o campeonato. A Inglaterra podia muito bem ter ganho, empatado ou até perdido, mas no inconsciente dos jogadores está o erro do guarda redes. Se não fosse isso, havia outra história no jogo. Agora, tem qualidade para ganhar o jogo contra a Argélia sem qualquer problema”, frisou à Agência Lusa José Fonte.

O defesa central adverte para a necessidade da formação comandada pelo italiano Fábio Capello enfrentar o jogo “com convicção e confiança para ganhar, sem medo”.

“Em Inglaterra, dizem que podem ir até à final. Mas, entre o falar e o fazer vai uma grande diferença. Eles têm os jogadores, a equipa tem feito um bom trabalho e qualidade têm, mas só os próximos jogos o poderão dizer”, acrescentou o futebolista luso.

A qualidade inglesa aumenta a responsabilidade da selecção, segundo José Fonte, que assegura que as próximas partidas estão longe de ser acessíveis.

“Qualquer jogo no campeonato do Mundo é difícil. Podemos dizer que a Argélia e a Eslovénia não são grandes nomes mas é sempre complicado. A Inglaterra, com os jogadores, a qualidade que têm e o campeonato em que jogam, tem forçosamente de fazer melhor do que tem feito. Se conseguirem fazer uma boa exibição, podem ganhar confiança e pode ser difícil pará-los”, sublinhou José Fonte.

A Inglaterra, que não foi além de um empate a um golo frente aos Estados Unidos na ronda inaugural, joga frente à Argélia a partir das 20:30 locais 19:30 (em Lisboa), depois de os norte-americanos defrontarem a selecção eslovena.

Também hoje a Alemanha defronta a Sérvia, em jogo da segunda jornada do Grupo D.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.