Amândio Carvalho não se mostrou muito surpreendido com a vitória da Rússia sobre a candidatura conjunta de Portugal e Espanha na corrida pela organização do Mundial 2018, onde também estavam Inglaterra e a aliança Bélgica/Holanda.

"A Rússia nunca tinha tido nenhum evento desta natureza no seu país. Há uma necessidade de projectar o futebol noutras áreas. Em termos económicos e políticos interessa muito à FIFA que este campeonato se realize na Rússia", disse o vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, acrescentando: "Há mais dinheiro em jogo. Nós tivemos o Euro2004 e a Espanha já teve um Mundial e um Campeonato da Europa."

A FIFA anunciou esta tarde, em Zurique, a atribuição do Mundial de 2018 à Rússia e do Mundial 2022 ao Qatar. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.