Depois da demissão de Jorge Sampaoli, a seleção argentina continua sem selecionador. Para resolver a situação, por enquanto, a Federação Argentina nomeou Pablo Aimar e Lionel Scaloni como selecionadores interinos para os jogos amigáveis que a seleção tem marcados.

Aimar e Scaloni estão a cargo da seleção argentina de sub-20, mas vão sentar-se no banco da equipa principal nos próximos dois jogos, com a Guatemala e a Colômbia, a 7 e 12 de setembro, respetivamente.

Esta quinta-feira, Claudio Tapia, presidente da Federação Argentina, explicou que "hoje contamos com o tempo necessário [para fazer a escolha], algo que não tínhamos quando contratamos Sampaoli" e acrescentou que "não falamos de nomes para ser treinador da seleção. Temos que pensar num projeto, o último projeto sério foi César Luis Menotti [técnico campeão do mundo com a Argentina em 1978]. Agradeço imenso por essa geração, mas hoje temos que começar um ciclo novo".

A saída de Jorge Sampaoli esteve ligada à fraca prestação da Argentina no Mundial da Rússia, que acabou por ser eliminada nos oitavos de final. O antigo selecionador comandou a Argentina em 15 jogos - sete vitórias, quatro empates e quatro derrotas, duas delas no Campeonato do Mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.