Na véspera da final do Mundial de Clubes, que Flamengo e Liverpool disputam em Doha, Rodolfo Landim, presidente do Mengão, abordou o futuro de Jorge Jesus.

Em declarações à Fox Sports, o dirigente reforçou que quer renovar contrato com o português, mas lembra a necessidade de ter um plano B para o caso de Jesus sair.

"O Jorge Jesus é um cidadão carioca, é um ídolo de todos os adeptos do Flamengo. Ele é um ídolo de todos os que gostam de futebol no Brasil. Preferimos não trabalhar com um plano B, mas precisamos de ter um plano B para tudo na nossa vida. Para amanhã, é óbvio que não temos, mas se isso vier a acontecer [Jorge Jesus sair], vamos ter. Teremos tempo para preparar essa situação", explicou Landim.

"Se depender de mim, ele continua. Na altura, quando estávamos à procura do treinador, definimos que o Jorge Jesus era a primeira escolha. E os outros dois também não eram brasileiros", vincou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.