A maior parte das grandes equipas africanas já estão na próxima ronda ou estão em vias de garantir o primeiro lugar das respetivas poules, quando falta uma jornada para terminar a fase de grupos do apuramento da zona africana para o Mundial 2014.

Costa do Marfim, Etiópia, Tunísia Argélia, Egito já garantiram o primeiro lugar nos respetivos grupos, sendo que alguns são temporários, uma vez a FIFA está a analisar protestos apresentados contra as federações do Togo, Etiópia e Guiné Equatorial, por uso irregular de jogadores.

No Grupo A, a Etiópia surpreendeu a África do Sul e garantiu o primeiro lugar que dá acesso aos play-offs, onde se vão encontrar os cinco representantes de África no Mundial 2014. Os etíopes bateram os Bafana Bafana por 2-1 este domingo e, quando falta uma jornada, já não poderão ser alcançados.

A superfavorita Costa do Marfim superou Marrocos e já garantiu o primeiro posto da poule C, tal como a Argélia que ultrapassou o Mali no Grupo H e o Egito que afastou a Guiné Conacri no Grupo G para fazer 15 pontos em cinco jogos e já está na próxima fase. Esta era o grupo de Moçambique, formação que perdeu este domingo com os Faraós em Maputo por 1-0.

A Tunísia também já está matematicamente apurada, depois de empatar a uma bola com a Guiné Equatorial. Os magrebinos somam 11 pontos, mais cinco que Cabo Verde mas caso a FIFA dê razão aos Tubarões Azuis no protesto contra a Guiné Equatorial, a formação de Lúcio Antunes passa a somar nove pontos e irá, no último jogo, discutir o apuramento com a Tunísia em Tunes.

As outras seleções favoritas lideram os respetivos grupos e deverão carimbar a passagem à fase seguinte na última jornada, que se disputa a sete, oito ou nove de setembro.

É o caso do Gana que lidera o Grupo D com doze pontos, mais um que a Zâmbia. Na última jornada, Atsu e companhia recebem os Chipolopolos (Balas de Cobre) e basta em empate para seguirem em frente.

Em situação idêntica está a Nigéria no Grupo F. As Super Águias tem mais dois pontos que o Malawi, adversário na última jornada, num jogo que terá lugar em Lagos, capital da Nigéria. Basta um empate.

Empate também é o que precisa o Senegal para carimbar a passagem aos play-offs. Os Leões de Teranga recebem na última jornada o Uganda, formação que está em segundo no Grupo J com menos um ponto que os senegaleses. Neste grupo, Angola perdeu no domingo com o Uganda por 2-1 e ficou sem possibilidades de chegar ao primeiro posto.

Quem está mais aflito para passar à próxima fase é os Camarões. A seleção de Eto´o está em segundo lugar no Grupo I, com menos dois pontos que a Líbia. Na última jornada os Leões Indomáveis recebem os líbios em casa, num jogo onde estão obrigados a vencer garantir o primeiro posto e ir aos play-offs.

O Gabão do português Paulo Duarte terá de ir buscar a qualificação a Ougadougou, onde irá defrontar o Burquina Faso, seleção que orientou durante vários anos. Os burquinabes lideram o Grupo E com dez pontos, mais dois que os gaboneses.

Se não houver surpresas de última hora, os grandes "tubarões" de África voltam a discutir entre si as cinco vagas para o Mundial 2014.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.