Filipe Soares Franco apresentou esta quinta-feira a sua candidatura oficial à presidência da Federação Portuguesa de futebol com o apoio manifesto de várias associações distritais.

Em conferência de imprensa, o antigo presidente do Sporting classificou a sua candidatura como sendo «Independente, Transparente, Agregadora e Profissional» e alertou para a urgência de reformas no futebol português.

«Foi um desafio feito por algumas associações que me fez refletir na possibilidade de me candidatar. Mas não estou aqui porque essas associações me empurraram. Estou aqui porque acho que tenho muito para dar ao futebol», referiu Soares Franco.

Soares Franco disse reunir as condições para assumir a presidência da FPF e lembrou a sua passagem pelo dirigismo como presidente da Assembleia-Geral da Associação de Futebol de Lisboa, do Estoril-Praia e do Conselho Diretivo Sporting.

O candidato referiu ainda que pretende «contribuir para assegurar a sustentabilidade do futebol nacional», «investir na formação e na defesa do jogador português» e aumentar a credibilidade do futebol nacional, tanto a nível disciplinar como a nível da justiça desportiva».

Filipe Soares Franco pretende implementar uma gestão «mais agressiva» no plano de financiamento da FPF com um aumento da base de patrocinadores e uma racionalização das estruturas do organismo.

Sobre o apoio dos clubes à sua candidatura, Soares Franco garantiu que ainda não falou com «nenhum presidente de clubes» embora tenha dado conhecimento a Godinho Lopes que iria ser candidato.

«Não falei com nenhum presidente de clubes, nem falei com a maioria das pessoas que têm dito que falei com eles. Informei o engenheiro Godinho Lopes que iria dar esta conferência de imprensa», referiu.

No entanto, Soares Franco afirmou que ficará «surpreendido» se o Sporting apoiar outros candidatos que não tenham as «características» do seu projeto.

Na conferência de imprensa marcaram presença os presidentes das associações de Lisboa, Braga, Coimbra e Madeira, Carlos Ribeiro, Carlos Coutada, Horácio Antunes e Rui Marote. Soares Franco desmentiu ter tido qualquer contato com Lourenço Pinto, presidente da AF Porto.

Soares Franco é o segundo candidato à presidência da FPF a apresentar um manifesto, depois de António Sequeira ter apresentado a sua candidatura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.