O SL Benfica recusou uma nova proposta do Bayern de Munique por Fábio Coentrão. O clube bávaro não desiste de contratar o lateral esquerdo português e terá oferecido 20 milhões de euros mais um jogador pelo internacional português que tem uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros.

O SL Benfica mantém-se irredutível em baixar a clausula de Fábio Coentrão, fixada em 30 milhões de euros, e recusou uma nova proposta do Bayern de Munique, que ofereceu 20 milhões de euros mais o passe do internacional holandês Edson Braafheid.

Os alemães estão a fazer marcação cerrada a um dos melhores jogadores do plantel encarnado e parecem não desistir facilmente.
Karl-Heinz Rummenigge, presidente do Bayern Munique, já qualificou a exigência do SL Benfica pela transferência de Coentrão como “uma exorbitância” mas parece estar decidido em levar o jovem jogador para a Baviera.

De acordo com o diário A Bola, os alemães deram indicações ao SL Benfica que estariam dispostos a pagar 20 milhões de euros de imediato, mais cinco milhões por objectivo (bónus de desempenho do jogador) e a inclusão do passe do lateral-esquerdo holandês Edson Braafheid, contratado ao Twente por 2,5 milhões de euros.

Apesar do negócio proposto pelo Bayern Munique poder ascender aos 27,5 milhões de euros, o SL Benfica não admite conversas sobre o assunto. Por um lado porque há sempre 5 milhões de euros dependentes do rendimento do jogador e por outro porque o valor desportivo e financeiro do internacional holandês de 27 anos estar longe do reconhecido a Coentrão.

O Bayern de Munique estuda a possibilidade de avançar com uma proposta de 30 milhões de euros por Fábio Coentrão mas será pouco provável que tal venha a acontecer.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.