O treinador do Vitória de Setúbal, Bruno Ribeiro, quer regressar aos triunfos e às boas exibições no jogo com o Rio Ave, sexta-feira, da 7.ª jornada da Liga de futebol, mas adverte para o valor do adversário.

«É um dos jogos mais difíceis da época, muito difícil, contra uma boa equipa, que não ocupa uma boa posição na tabela classificativa, mas não merece estar no lugar onde está», disse.

Na sua opinião, o Rio Ave «tem feito bons jogos», mas «não tem tido sorte nos resultados e é muito perigosa quando joga fora, porque tem jogadores rápidos na frente».

O técnico sadino disse que o Vitória de Setúbal terá de se apresentar ao seu melhor nível para vencer o Rio Ave, e admitiu mudar um ou dois jogadores para tentar melhorar a prestação da equipa.

«Só um Vitória de Setúbal ao nível daquilo a que nos habituou – não nestes últimos dois jogos, mas nos anteriores – é que consegue ganhar na sexta-feira. É nesse sentido que temos estado a trabalhar, para voltarmos às vitórias e aos bons jogos», disse.
Bruno Ribeiro reconheceu que a equipa sadina entrou, praticamente, a perder no jogo do último sábado com o Sporting (3-0) por «falta de concentração» e por «demérito».

Referindo-se ao jogo da quinta jornada, com o Beira-Mar, em que os sadinos triunfaram por 1-0, mas realizaram uma exibição muito pobre, Bruno Ribeiro defendeu que se tratou de um jogo atípico.

«O jogo com o Beira-Mar foi diferente: tivemos atitude, mas as coisas não correram bem à equipa. Foi um jogo atípico e eu já assumi as culpas, como assumo sempre que a minha equipa perde», disse.

Na conferência de imprensa em que fez a antevisão do jogo com o Rio Ave, Bruno Ribeiro reforçou o apelo deixado pelo guarda-redes Diego, para que os adeptos do Vitória de Setúbal compareçam em grande número no Bonfim e ajudem a equipa a conquistar mais três pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.