O pai do 'hacker' suspeito de ter 'roubado' a correspondência eletrónica do Benfica contou este domingo ao 'Correio da Manhã' como foi a detenção do filho, na Húngria, na semana passada.

O pai de Rui Pinto conta que foi ameaçado depois de ter sido tornado público que o filho era o 'hacker' do caso dos e-mails e explicou ainda que fez queixa na polícia quando a sua página de Facebook e e-mail foram 'hackeados'.

"Eu imagino quem foi, mas ainda não foi apanhado", começou por dizer. "O meu filho foi preso à porta de casa e nem tentou fugir. Apercebi-me logo dos polícias - havia-os por todo o lado, vários à civil, nas imediações. Nem gritei para o avisar", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.