Ao intervalo do clássico da 27.ª jornada da I Liga, FC Porto e Sporting estão empatados a um golo. André Santos marcou primeiro, aos 11 minutos mas Falcao (26'), de cabeça, repôs novamente a igualdade.

Ambiente ao rubro no Estádio do Dragão, este domingo, que começou com a atribuição pela Liga Portuguesa do prémio de melhor jogador do mês para Freddy Guarín.

Quanto ao jogo propriamente dito, o Sporting adiantou-se cedo no marcador com André Santos a rematar em direcção a baliza e com a bola a sofrer um desvio em Matías , acabando por trair Helton.

O FC Porto, campeão nacional 2010/2011, não se intimidou com o golo leonino e lançou-se, sem medo para o ataque. Falcao, o mais inconformado da equipa azul e branca, esteve perto de "bater" Rui Patrício por duas vezes, mas primeiro foi o poste que não quis e depois foi a vez do guarda-redes internacional português negar o golo ao goleador colombiano.

Dizem que à terceira é de vez e Falcao, quando viu Alvaro Pereira a percorrer o corredor esquerdo, teve um "déjà vu" do primeiro golo portista do desafio da primeira mão dos quartos de final da Liga Europa contra o Spartak de Moscovo, uma vez que este golo contra o Sporting foi muito semelhante.

Artur Soares Dias apitou para o intervalo com o ecrã a mostrar 1-1, o mesmo resultado do final do jogo da primeira volta entre as duas equipas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.