“Não ponho em causa a justeza da vitória do FC Porto, mas acho que eles foram felizes na forma como obtiveram o resultado. Penso que ao intervalo o resultado era mentiroso porque tivemos boas oportunidades de golo”, analisou Paulo Sérgio em conferência de imprensa após o encontro em que os vimaranenses perderam por 3-0, no Estádio do Dragão.

Paulo Sérgio não hesitou em dizer que “globalmente a equipa de arbitragem esteve bem”, mas não deixou de referir que o Vitória podia ter beneficiado de uma grande penalidade na primeira parte sobre o Rui Miguel.

“Deixa-nos um sabor de que poderia ter sido diferente. À parte destes lances infelizes a equipa defendeu bem e de forma organizada. Na segunda parte, com a segurança dos dois golos do FC Porto, as coisas tornaram-se mais difíceis para nós”.

“É um resultado que não me convence”, frisou.

Agora, o Vitória terá “três finais” para poder consolidar o quinto, ou ser mais ambicioso para poder chegar ao quarto lugar: “O que me preocupa neste momento é o Belenenses. Não olhamos para a segunda e terceira montanha sem subir a primeira”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.