O FC Porto recorreu a sua newsletter para abordar a decisão do VAR no lance do segundo golo de Benfica frente o Boavista na passado noite de sexta-feira.

Segundo a 'Dragões Diário' deste sábado o VAR mostrou uma nova faceta no jogo no Bessa comparando o lance do golo de Cervi no Bessa com um lance ocorrido no confronto do FC Porto com o Paços de Ferreira na última jornada.

"E, de repente, o VAR no campeonato português mostra uma nova faceta, a contramão. No domingo, no Dragão, Otávio foi derrubado e todos os analistas foram unânimes em considerar que o VAR deveria ter avisado o árbitro da existência de uma falta clara e evidente. Ontem, no Bessa, com o jogo empatado, contrariando o que todos viam, o VAR voltou a ficar mudo, permitindo a validação de um golo que teve todo o ar de ser ilegal. O facto de no primeiro lance o prejudicado ter sido o FC Porto e de no segundo o beneficiado ter sido o Benfica é puramente aleatório. Ou será só anedótico?", escreveu o clube 'azul-e-branco'.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.