A recente troca Miguel Lopes-Izmaylov entre FC Porto e Sporting trouxe de novo para a ribalta do futebol português as negociações entre emblemas rivais. 

Os leões vão receber ainda o empréstimo do guarda-redes Ventura, mas Jorge Cadete faz um balanço mais favorável ao FC Porto nesta "parceria". Em declarações ao SAPO Desporto, o antigo avançado destaca somente Rui Jorge como a exceção à regra nas trocas entre leões e dragões.

«É saudável ver que dois grandes clubes têm esta sensibilidade e abertura na troca de jogadores. A meu ver, o Sporting saiu algumas vezes beneficiado, como no caso do Rui Jorge, mas talvez o FC Porto tenha retirado maior rendimento dos jogadores que sairam do Sporting», analisa o antigo avançado do clube de Alvalade.

Embora não se configure como troca, a ida de Liedson para o Dragão, após ter jogado em Alvalade ao longo de oito temporadas, poderá ser mal recebida pelos adeptos leoninos, no entender de Jorge Cadete. 

«Quem vive o clube intensamente vê apenas o lado emocional e desconhece a situação no total. Normalmente os adeptos revoltam-se com a saída de jogadores, porque é o lado emocional e sem conhecimento a falar mais alto», defende, sem deixar de sublinhar que o 'Levezinho' ainda podia ser útil ao lado do holandês Ricky Van Wolfswinkel: «Qualquer clube com a grandeza do Sporting precisa de dois avançados de grande qualidade para trabalhar. Com concorrência dá-se sempre mais um bocadinho do que aquilo que se pode dar.» 

Liedson deverá chegar ao Dragão nos próximos dias, por empréstimo do Flamengo até ao final da presente temporada. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.