A Primeira Liga está no último lugar, entre 37 competições europeias, no que ao tempo útil de jogo diz respeito.

De acordo com um estudo da Observatório CIES de futebol, é na Liga Sueca onde mais se joga, com 60,4 por cento de tempo efetivo de jogo. Em sentido oposto aparece a Primeira Liga Portuguesa, onde apenas se joga 50,9 por cento do tempo total de jogo.

O Belenenses é a equipa da I Liga com maior percentagem de tempo útil de jogo - 55,2 por cento -, o Feirense está no polo oposto com apenas 45,7 por cento.

Depois da Liga Sueca, a Liga dos Campeões é aquela onde mais se joga. Em 60,2 por cento dos jogos da liga milionária, a bola está a rodar. Em 3.º lugar aparece a Liga Holandesa com 58,6 por cento de tempo efetivo de jogo, à frente da Liga Alemã (58,5 por cento), Liga Italiana (57,8 por cento) e Liga Europa (57,1 por cento).

No capítulo do tempo útil de jogo, a Premier League apenas aparece no 10.º posto neste estudo do CIES, com 56,5 por cento. A Liga Francesa está no 12.º posto (56,1%), a Liga Espanhola é apenas 17.º com 55,8% de tempo útil de jogo.

De acordo com o estudo, os suecos do GIF Sundsvall apresentam a maior percentagem de tempo útil de jogo, com 63,7 por cento. São 18 por cento mais do que os jogos do Feirense, a equipa com menos tempo útil de jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.