O presidente do Gil Vicente, António Fiúza, mostrou-se hoje bastante satisfeito com as contratações dos futebolistas Danielson e Nélson Agra, que foram hoje apresentados oficialmente pelo clube gilista.

«O Danielson nem precisa de apresentações. Não foi fácil chegar a acordo. Estamos há três semanas em conversações, mas felizmente chegámos a acordo. O Nélson Agra é um jovem que o departamento de prospeção tem referenciado há muito tempo», disse o presidente gilista.

António Fiúza adiantou ainda que o clube está a fazer uma aposta em jovens jogadores e que «os que ingressaram no clube foram escolhidos a dedo e existem alguns que vão ficar no plantel e até serão revelações», explicou.

O reforço Danielson mostrou-se bastante satisfeito por ter assinado pelo Gil Vicente, até porque «desejava regressar ao futebol português».

«Tinha o desejo de regressar ao futebol português e isso ficou mais forte quando recebi o convite do Gil Vicente. Quando se recebe um convite deste clube é preciso pensar duas vezes antes de aceitar propostas do estrangeiro e foi isso que fiz», explicou o defesa.

Agra também se mostrou bastante satisfeito por representar os gilistas pois, para além de ser um clube que fica «perto de casa», o jovem sempre «sonhou com a possibilidade de jogar na primeira liga portuguesa».

Ainda sobre reforços, nomeadamente Hugo Vieira, jogador que esteve emprestado pelo Benfica ao Gil Vicente, António Fiúza, admitiu que «é um jogador caro» para o clube e que, apesar de gostar que o jogador continuasse no Gil Vicente, tem a certeza que, se não continuar no Benfica, «irá para o estrangeiro».

A terminar, o presidente gilista disse que o objetivo da equipa de futebol na próxima temporada passa por «assegurar a manutenção» e tentar que a época «seja mais tranquila» que a anterior.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.