A realizar a sua segunda temporada ao serviço do Portimonense, Jackson Martínez reconheceu que não está a conseguir ultrapassar o problema físico  que o impede de entrar em campo na plenitude das suas capacidades. Apesar de ter alinhado em 20 partidas pela turma de Portimão esta temporada, o colombiano admite que talvez tenha de vir a 'pendurar as chuteiras' em breve.

"Tenho que pensar na minha saúde. Não me posso enganar. Sei que não estou a 100 por cento e que, assim, não rendo o que gostaria de render", afirmou o avançado de 33 anos em entrevista concedida à Sport TV.

Jackson revela que, até ao final da presente temporada, irá ponderar o futuro. "Tenho até ao fim da época para pensar", frisou.

O antigo internacional colombiano, melhor marcador da I Liga portuguesa por três temporadas consecutivas ao serviço do FC Porto, entre 2012 e 2015, olhou também para a paragem forçada das competições desportivas em virtude da pandemia COVID-19. "Não sei se vai ser possível acabar a Liga. Todos querem voltar a jogar, mas em primeiro lugar temos que pensar que o mais importante de tudo é a saúde das pessoas", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.