O treinador dos leões não quis continuar a troca de palavras com Rui Vitória e justificou as suas últimas declarações com a pergunta que lhe foi feita, fora do contexto.

“Não lhe vou responder à primeira questão. Devia estar aqui o seu colega para ele poder fazer novamente a mesma pergunta. Toda a gente percebeu que eu falei em função de uma pergunta que me fizeram. Não vou falar mais nisso. O que me importa agora é o jogo do Braga”, declarou este sábado.

Relativamente a uma notícia do jornal Correio da Manhã que adiantava que Jorge Jesus tinha sido contactado pelo presidente do FC Porto, Pinto da Costa, o treinador também preferiu não responder.

“ A notícia não interessa a nenhuma dos intervenientes que estão ali expostos. E como nós sabemos como é que as coisas se fazem deixamos para quem escreveu e para quem colocou que pense o que quiser. Para nós Sporting essa notícia vale zero.”, deixou claro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.